A diferença entre reciclar e reutilizar

A diferença entre reciclar e reutilizar

Reciclagem e reutilização são palavras muito comuns no vocabulário de quem já conhece o universo do consumo consciente. Para muitas pessoas, essas palavras têm o mesmo significado, porém os conceitos são muito diferentes, mesmo que interligados.

O que é reciclagem

Reciclagem é o processo de reinserção de um material no processo produtivo através da transformação de suas características, ou seja, utilizamos materiais que foram descartados pelo consumidor final e, através de processos físicos e químicos, esse resíduo é transformado em um material novo que pode voltar para o mercado final.

Os principais materiais reciclados são vidro, plástico, papel, papelão e metal, sendo eles subdivididos em vários tipos. Além dos resíduos, madeira e alguns materiais orgânicos também podem ser reciclados, mas o processo não é tão difundido como os demais citados.

A reciclagem possibilita a economia de energia, a minimização da exploração de matéria-prima natural e a diminuição do acúmulo de resíduos dispostos no meio ambiente. É uma opção sustentável e econômica, que elimina o problema do desperdício e a emissão de gases de efeito estufa.

O que é reutilização

A reutilização é o prolongamento da vida útil de um produto através da utilização em novas funções. Esse processo não envolve processos químicos e pode ser feito em casa com quase todos os produtos do nosso cotidiano.

Reutilizar é parte importante do consumo consciente, já que, além de diminuir o consumo de novos produtos e, consequentemente a necessidade de extração de matéria-prima, também contribui com a diminuição do descarte de material no meio ambiente.

Os materiais reutilizados ainda podem ser reciclados no final da sua vida útil com o consumidor final. Por exemplo, papel usado pode virar um bloco de rascunho e quando não for mais possível utilizá-lo, pode ser recolhido e reciclado. Esse é um processo que aproveita todo o valor da matéria-prima que foi retirada da natureza, dando para ela várias utilidades dentro do ciclo de consumo.

A reciclagem no Brasil

O Brasil produz cerca de 79 milhões de toneladas de lixo por ano, nos colocando no 4º lugar no ranking de maiores produtores de lixo no mundo, segundo o WWF. De todo esse material, cerca de 30% é material reciclável, mas apenas 3% desse total é efetivamente reciclado.

O material que mais reciclamos é o alumínio, cerca de 97% dos resíduos do material são reciclados. Além disso, o alumínio é a fonte de renda de muitos brasileiros que trabalham como catadores de latinhas e outros materiais. Muitas empresas adotaram o alumínio no lugar do plástico pela possibilidade das embalagens e produtos serem reciclados ser muito maior que o plástico, que tem a lucratividade muito baixa para a reciclagem.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos determina que todo resíduo produzido pela atividade comercial e doméstica que, sejam passivos de coleta pelos serviços de limpeza pública, devem ser encaminhados para a destinação adequada e reaproveitados quando possível. No entanto, cerca de 40% do volume recolhido foi dispensado inadequadamente no ambiente.

Neste cenário, a reciclagem e a reutilização são processos que, apesar de diferentes, são complementares e ajudam a diminuir o consumo e descarte de matéria desenfreados que acompanhamos hoje. São ações simples do nosso dia-a-dia que trazem muitos benefícios para quem pratica e para a sociedade como um todo.

WhatsApp Atk Rental
Atk Rental www.atkrental.com.br Online
Fale com a gente pelo WhatsApp
×